Monitoramento de informação

28/02/2008

Esses dias, enquanto abordávamos como usar a área de transferência do word, falei com as turmas da primeira fase sobre clipping. Hoje reencontrei um site sobre o assunto que havia salvo há muito tempo, o da Associação Brasileira das Empresas de Monitoramento de Informação.

Registro isso aqui pois também com a turma da quinta fase tratamos essa semana sobre o assunto “monitoramento de informação”. Vimos como fazer buscas de notícias no google e acompanhar o resultado continuamente em um leitor de RSS (começamos com o google reader). É muito prático monitorar assuntos ou “clientes” dessa forma, embora seja um desafio constante achar um conjunto de palavras-chave que dê conta do seu tema.

O que são Feeds

20/11/2007

Quando começamos a falar sobre RSS e feeds na disciplina de mídia digital 3 (em 2005) era um sacrifício achar algum material em português. Felizmente, como era de se esperar, está ficando cada vez mais popular o uso de feeds. E afinal, você sabe o que são feeds?

Del.icio.us

18/09/2006

Na última aula vimos o básico do funcionamento do del.icio.us usando como roteiro este post do semestre passado. Hoje vamos dar uma esmiuçada maior e ver como o del.icio.us usa o RSS.

Lendo RSS na web

11/09/2006

Hoje veremos uma alternativa para acessar nossos feeds na web: netvibes. Uma boa lembrança da Vanessa. Obrigado.

Revisando e exercitando o uso de RSS

06/09/2006

Hoje vamos dar uma revisada geral e fazer uns exercícios de RSS. Durante os exercícios espero atender individualmente cada um que tiver dúvidas sobre o assunto.

Exercícios

1. Suponhamos que você trabalha para a assessoria de imprensa da Fundação SOS Mata Atlântica e quer monitorar as notícias sobre “Mata Atlântica” publicadas em português na internet para compor o clipping da assessoria. Tarefa: Faça uma busca pelas notícias que lhe interessam e copie abaixo o link XML que seria colado no leitor de RSS para visualizar o resultado da pesquisa naquele programa.

2. Encontre o RSS de três jornais on-line ou sites de notícias brasileiros. Cole abaixo os links que seriam colados no leitor de RSS (feedreader ou rssreader, por exemplo).

3. Suponhamos que você é editor de política de um jornal. Para ficar bem informado sobre a crise política desencadeada com o caso das sanguessugas e poder pautar seus repórteres, você decide acompanhar através do RSS tudo o que é publicado sobre sanguessugas no Correio Braziliense.
Tarefa: Faça uma busca pelas notícias que lhe interessam (yahoo.com) e copie abaixo o link XML que seria colado no leitor de RSS para visualizar o resultado da pesquisa naquele programa.

4. Encontre o feed RSS/XML de duas fontes de informação brasileiras (sites informativos, agências de notícias, instituições – exceto fontes da chamada “grande imprensa”) relacionadas à agricultura e à tecnologia (uma fonte para cada assunto). Para completar, encontre também o feed de dois blogs jornalísticos ligados a grandes jornais. Cole abaixo os quatro links que seriam colados no leitor de RSS.

Vamos ao RSS !

28/08/2006

Objetivo da aula (atualizada a partir da versão de 18/08/2005): apresentar o que é RSS/XML e como usar esta ferramenta.

RSS é um formato de distribuição de conteúdo baseado na linguagem XML. Através de um programa ou um site “leitor de RSS” pode-se acessar em uma única interface conteúdos de diversas fontes selecionados de acordo com seus interesses. Geralmente as notícias no formato RSS apresentam título, o começo da matéria e um ou mais links para o usuário obter mais informações. Esse complemento pode ser visto no próprio leitor de RSS sem o layout web do criador do conteúdo ou como no browser (a “página” original inteira) ou ainda o link pode ser aberto numa nova janela do browser.

O software leitor de RSS também costuma ser chamado de agregador, News Reader, RSS Aggregator ou RSS Reader . O link que deve ser adicionado neste programa para que ele busque as notícias distribuídas via internet em XML por determinada fonte é publicado na home de um web site ou em páginas específicas para determinadas seções, temas ou categorias. Na maioria das vezes o link – também chamado de feed – que deve ser copiado e depois colado no leitor de RSS está nestas imagens:

XML

RSS

Você pode copiar os links acima clicando com o lado direito do mouse sobre ele e depois “copy link location” ou “copiar atalho”.

O navegador Mozilla Firebird mostra no seu canto inferior direito um ícone de RSS e incorpora um leitor de RSS junto ao bookmarks. Embora útil para determinados casos – se for incluir um site com RSS nos favoritos já vale incluir o link XML – não me parece a melhor opção para monitorar conteúdo jornalístico, pois o bookmarks tende a ser mais amplo do que o número de sites acessados para buscar notícias.

O formato RSS foi criado em 1997 pela Netscape para usar a linguagem XML (Extensible Markup Language) com o objetivo de facilitar os sistemas de busca a encontrar informações na Internet.

Também é possível ler conteúdo RSS através de um website que forneça esse serviço (tipo um webmail), como o Bloglines.com ou o NewsGator ou mesmo o MyYahoo. Até mesmo palm tops com um leitor de RSS como o stand alone podem acessar conteúdo em RSS. Por hora vamos usar um software leitor de RSS.
Nesta página da Folha há uma relação de programas para leitura de RSS. Já usei e posso indicar: www.feedreader.com (software livre) ou www.rssreader.com (freeware). Para saber as diferenças entre software livre e freeware, clique aqui)

Algumas vantagens para o jornalista:
• Ler diversas fontes numa só – ganho em produtividade;

• Monitorar conteúdo de organizações e instituições relacionadas ao seu trabalho – para elaboração de pautas, checagem de dados, novos conteúdos

• Para o assessor de imprensa: uma nova forma de atingir os veículos de comunicação e diretamente os usuários.

• Quem poderia citar mais vantagens? Comente!

Onde matar a fome de feeds?

RSS Feeds.com.br

www.feeds.com.br

Estadão
http://www.estadao.com.br/ext/rss/index.htm – Página html com índice dos canais do Estadão com XML.

Folha Online
http://www1.folha.uol.com.br/folha/informatica/ult124u16829.shtml – página web para selecionar a editoria em XML.

Terra Notícias
http://www.rssficado.com.br/xml.php?terra-noticias.xml

Último Segundo
http://www.rssficado.com.br/xml.php?ultimosegundo.xml

EcoAgência
http://www.ecoagencia1.com.br/index2.php?option=com_rss&no_html=1

Centro de Mídia Independente
http://www.rssficado.com.br/xml.php?cmi.xml

Del.icio.us

29/06/2006

Bookmarks Social. Novo modo para organizar referências na internet e descobrir e/ou pesquisar por informações. Compartilhar.

Usos para o del.icio.us: organizar referências para pesquisa, “para ler”; podcast; “dicas de leitura”, base de dados de referências, favoritos on-line e o que você descobrir.

“Quanto mais eles são usados, mais valor agregam ao próprio sistema e, conseqüentemente, a todos que participam dele”.

Pessoas que tem um site em comum com você podem ter muitos outros do seu interesse. Rede de informantes.

Definições e muito mais, na wikipedia (em inglês)

Taxionomia = classificação de cima para baixo
Folksonomia = classificação da comunidade

O funcionamento do del.icio.us:

http://del.icio.us/help/navigation
http://del.icio.us/help/posts

Como cadastrar os links (post to del.icio.us)

Mas, afinal, o que são tags?

Selos, palavras-chave. Use quantas quiser. Pense em como recuperar aquela informação em acesso futuro, lembre-se de um arquivo, base de dados. Pense no que aquela referência significa para você. Não descreva “por extenso”, “catalogue com carimbos”.

O que são “bundles”? Conjunto de tags relacionadas.

Outros exemplos relacinados:

O Technorati faz uma varredura na Internet e reúne em uma só página conteúdo classificado com tags em blogs, no del.icio.us, no Flickr e em outras fontes.

Creative mobs

Dicas e comentário em aula:
Popular, recente
Save this (copiar um bookmark)
Organizar visualização das tags (suas e de otros)
Add to your network
Pesquisa no del.icio.us
Definição de um site pelas tags da comunidade

RSS e del.icio.us – você pode “assinar”:
• Todo o bookmarks de uma pessoa,
• Só uma ou mais tags da mesma pessoa,
• Uma tag por “todas” as pessoas;
• Várias tags (internet + brasil, p. ex.) por uma ou todas as pessoas;

Integração com blog
Os seus links
Suas tags
“play tagger”

Casos relacionados com tags e del.icio.us:

Olhe a barra lateral desse blog! (del.icio.us/dicasdeleitura)

Ass. Catarinense de Imprensa

floripamanha.org

Exercício

Pesquisar sobre jornalismo no del.icio.us, cadastrar sites úteis no seu del.icio.us e criar network
Enviar url do del.icio.us para o professor por e-mail.

Diretório de feeds

29/06/2006

Encontrei hoje o site RSSFeeds, um diretório com 239 feeds cadastrados por assuntos.

Entre os últimos cadastrados estava o Drible Ético, dos nossos colegas Davi e Rogênio.

Palestra SEPE 2006: Busca avançada e RSS

29/06/2006

* Os sites de busca são softwares – mais conhecidos como “robôs” – que, regularmente, percorrem toda a Web em busca de novos documentos e armazenam tudo num banco de dados. Eles possuem um maior volume de informações do que os diretórios, porém, não organizam nenhuma das informações coletadas.

* Os diretórios são como catálogos de endereços, contam com pessoas especializadas que fazem uma busca controlada nos documentos da Internet, um a um, e os organizam por assunto, ou seja, os diretórios tratam a informação, ao contrário dos sites de busca.

O ranking da busca nos sites de busca é afetado por:

* Presença do texto procurado na página
* Número de links provindos de outros sites
* Texto contido no link provindo de outro sites (anchor text)
* Presença do termo buscado no título, cabeçalho, negritos, tamanho da letra Freqüência do termo na página;

As buscas na web são feitas em etapas:

* Formulação da busca
* Busca na Web
* Avaliação dos resultados
* Refinamento da busca;

Os buscadores vasculham em bilhões de páginas da web, mas não conseguem pesquisar em:

* Páginas que exigem login (Ex.: Veja Online)
* Bancos de dados com regras de acesso fora de padrão
* Redes fechadas de empresas (Intranets)
* Páginas que não têm nenhum link apontando para elas;

Por isso, é importante frisar que somente cerca de 10% do conteúdo total da Internet está nos buscadores.

Google.com > pesquisa avançada


Scholar.google.com

Outros produtos do Google

Busca de notícias: yahoo.com.br > notícias > busca avançada

Um Parênteses:
Yahoo notícias

Google notícias

Inform

http://www.grokker.com/

  • RSS

RSS é um formato de distribuição de conteúdo baseado na linguagem XML. Através de um programa ou um site “leitor de RSS” pode-se acessar em uma única interface conteúdos de diversas fontes selecionados de acordo com seus interesses. Geralmente as notícias no formato RSS apresentam título, o começo da matéria e um ou mais links para o usuário obter mais informações. Esse complemento pode ser visto no próprio leitor de RSS sem o layout web do criador do conteúdo ou como no browser (a “página” original inteira) ou ainda o link pode ser aberto numa nova janela do browser.

O software leitor de RSS também costuma ser chamado de News Reader, RSS Aggregator, RSS Reader ou agregador. O link que deve ser adicionado neste programa para que ele busque as notícias distribuídas via internet em XML por determinada fonte é publicado na home de um web site ou em páginas específicas para determinadas seções, temas ou categorias. Na maioria das vezes o link – também chamado de feed – que deve ser copiado e depois colado no leitor de RSS está nestas imagens:

Nesta página da Folha há uma relação de programas para leitura de RSS. Já usei e posso indicar: www.feedreader.com (software livre) ou www.rssreader.com (freeware). Para saber as diferenças entre software livre e freeware, clique aqui

Outro uso do RSS: agregar notícias em sites e blogs. Exemplo: Primeiro Tempo, a barra lateral deste blog

Onde matar a fome de feeds?

http://www.feeds.com.br

  • Leituras sobre RSS:

Um pente fino no caos da internet

Fonte: Link/Estadão, publicado em 14/02/2005

A internet é uma fonte de informações e notícias muito rica, mas é comum se perder nesse turbilhão. Uma solução prática é filtrar só o que lhe interessa, com a ajuda dos softwares leitores de RSS, também chamados de agregadores de RSS.

Fáceis de usar, esses programas reúnem automaticamente as notícias fresquinhas dos seus sites e blogs preferidos e os envia para o usuário, em alguns casos avisando-o da chegada de um novo pacote de informações com um sinal sonoro.


UOL oferece leitor de RSS na barra UOL

O leitor (agregador) de RSS da Barra UOL permite que você fique sabendo imediatamente quando uma informação do seu interesse é publicada, sem que você tenha de navegar até o site de notícias.

RSS E AS NOVAS TENDÊNCIAS EM EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

Há mais de um ano, venho cultivando um novo hábito e ampliando um outro já mais antigo. Antes de ler e responder e-mails, eu abro o Bloglines, um aplicativo leitor de RSS, e dedico uma meia hora a leitura de notícias nos canais que subscrevi. No espaço de tempo que daria apenas para passar os olhos num jornal tradicional, tenho a possibilidade de consultar o sumário de mais de cinqüenta sítios, weblogs e jornais on-line de todos os tipos, com a opção de aprofundar os conteúdos que me despertarem maior interesse. (Por Suzana Gutierrez. No Icoletiva – site sobre pedagogia e internet).


  • Bookmarks Social: del.icio.us / linkblog.com.br

Del.icio.us é um sistema de bookmarks social (ou colaborativo) onde cada internauta pode cadastrar links – de sites, notícias, blogs etc – e organizá-los por palavras-chave, as tags.

Para cada link cadastrado o sistema indica quantas pessoas cadastraram o mesmo link e permite ver a relação de links destas pessoas.

O del.icio.us permite também que seus usuários usem o formato RSS/XML para “assinar” o conteúdo de um usuário do sistema, de um conjunto de usuários, de todos usuários sobre uma mesma palavra-chave ou apenas o conteúdo de uma ou mais palavras-chave de um único usuário.

O del.icio.us ainda contribui para conhecermos a definição de um site através das palavras-chave atribuídas a um site pelos diversos usuários que têm cadastrado este site. Também é possível realizar pesquisas por palavras-chave no conteúdo do del.icio.us.

O funcionamento do del.icio.us/about

Pesquisa no del.icio.us

Definição de um site pelas tags da comunidade – clicar em and 228 other people.

Agregando notícias

12/05/2006

Hoje veremos como agregar notícias de outras fontes automaticamente em nossos blogs. Uma das grandes funcionalidades do RSS/XML. Para isso usaremos o Feeddigest.