Os links abaixo remetem aos arquivos em PDF dos respectivos capítulos. A íntegra da dissertação pode ser baixada aqui

INTRODUÇÃO

1.OS JORNAIS, AS PRIMEIRAS REDES E O LUGAR FLORIANÓPOLIS

1.1.O desafio de um jornal estadual na capital catarinense 27
1.2.Aspectos da formação do lugar: estatais, migração e turismo 33
1.3. A indústria de base tecnológica em Florianópolis 40

2. TRANSFORMAÇÕES NA MÍDIA E A SITUAÇÃO DOS JORNAIS 45
2.1. A concentração dos meios no Brasil 50
2.2. O mercado de mídia 56
2.3. A fatia de cada mídia no faturamento com publicidade 61
2.4. O meio jornal no mundo e no Brasil 68
2.5. O mercado de jornais em Santa Catarina e o DC 79

3. A HISTÓRIA, O PÚBLICO E OS USOS MAIS COMUNS DA INTERNET 88
3.1. Revoluções tecnológicas e a “Internet” dos séculos XVII, XVIII e XIX 88
3.2. O início do processo de construção social da Internet 95
3.3. RNP e Ibase conectam o Brasil 102
3.4. O começo da Internet em Santa Catarina 113
3.5. Difusão e penetração da Internet no mundo 117
3.6. Perfil do internauta brasileiro 128
3.7. Considerações sobre o uso da Internet no Brasil 140

4. A PRESENÇA DA RBS NA INTERNET 147
4.1. Os primeiros anos da internet comercial 148
4.2. A participação da RBS nas privatizações de telecomunicações 163
4.3. A criação do ClicRBS 172
4.4. Modo de produção, fluxo de informações e audiência no ClicRBS 185
4.5. O hagah e o modelo de negócios da RBS na internet 197

5. O DESAFIO DOS JORNAIS COM A INTERNET 208

6. CONSIDERAÇÕES FINAIS 226

7. REFERÊNCIAS 238
7.1. LIVROS, DISSERTAÇÕES E TESES 238
7.2. ARTIGOS EM PERIÓDICOS E TRABALHOS EM CONGRESSOS 241
7.3. RELATÓRIOS, DOCUMENTOS E BASES DE DADOS ON-LINE 244
7.4. JORNAIS, REVISTAS E WEBSITES JORNALÍSTICOS 250